f1.gif (44 bytes)

[ Principal ][ Releituras ][ Biografias ][ Novos Escritores ]

© Projeto Releituras
Arnaldo Nogueira Jr




Nome:
Gilberto Freyre

Nascimento:
15/03/1900

Natural:
Recife - PE

Morte:
18/07/1987

Menu do Autor


Gilberto Freyre


BIBLIOGRAFIA

PUBLICAÇÕES NO BRASIL:

- CASA-GRANDE & senzala: formação da família brasileira sob o regime de economia patriarcal. Rio de Janeiro: Maia & Schmidt, 1933. 

- ARTIGOS de jornal. Recife: Mozart, 1934. 

- GUIA prático, histórico e sentimental da cidade do Recife. Ilustrado por Luís Jardim. Recife: s. n., 1934.

- SOBRADOS e mocambos: decadência do patriarcado rural e desenvolvimento do urbano. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1936. 

- NORDESTE: aspectos da influencia da cana sobre a vida e a paisagem do nordeste do Brasil. Rio de Janeiro: José Olympio, 1937. 

- CONFERENCIAS na Europa. Rio de Janeiro: Ministério da Educação e Saúde, 1938. 112p.

- AÇÚCAR: algumas receitas de doces e bolos dos engenhos do nordeste. Rio de Janeiro: José Olympio, 1939. 

- OLINDA: 2º guia pratico, histórico e sentimental de cidade brasileira. Ilustrado por Manuel Bandeira. Recife: Edição do autor, 1939. 

- O MUNDO que o português criou: aspectos das relações sociais e de cultura do Brasil com Portugal e as colônias portuguesas. Rio de Janeiro: José Olympio, 1940.(Documentos Brasileiros, 28). 

- UM ENGENHEIRO francês no Brasil. Rio de Janeiro: José Olympio, 1940.(Documentos Brasileiros, 26). 

- REGIÃO e tradição. Ilustrado por Cícero Dias. Rio de Janeiro: Editora José Olympio, 1941. (Documentos Brasileiros, 29). 

- INGLESES. Rio de Janeiro: José Olympio, 1942. 

- PROBLEMAS brasileiros de antropologia. Rio de Janeiro: Casa do Estudante do Brasil, 1943. 

- NA BAHIA em 1943. Rio de Janeiro: Companhia Brasileira de Artes Gráficas, 1944. 

- PERFIL de Euclydes e outros perfis. Rio de Janeiro: José Olympio, 1944. (Documentos Brasileiros, 41). 

- SOCIOLOGIA: introdução ao estudo dos seus princípios. Rio de Janeiro: José Olympio, 1945. 2v. 

- INTERPRETAÇÃO do Brasil: aspectos da formação social brasileira como processo de amalgamento de raças e culturas. Traduzido por Olívio Montenegro. Rio de Janeiro: José Olympio, 1947. (Documentos Brasileiros, 56) 

- INGLESES no Brasil: aspectos da influência britânica sobre a vida, a paisagem e a cultura do Brasil. Rio de Janeiro: José Olympio, 1948. (Documentos Brasileiros, 58). 

- QUASE política: 9 discursos e 1 conferência mandados publicar por um grupo de amigos. Rio de Janeiro: José Olympio, 1950. 

- AVENTURA e rotina: sugestões de uma viagem a procura das constantes portuguesas de caráter e ação. Rio de Janeiro: José Olympio, 1953. (Documentos Brasileiros, 77). 

- UM BRASILEIRO em terras portuguesas: introdução a uma possível luso-tropicologia acompanhada de conferências e discursos proferidos em Portugal e em terras lusitanas e ex-lusitanas da Ásia, da África e do Atlântico. Rio de Janeiro: José Olympio, 1953. (Documentos Brasileiros, 76). 

- ASSOMBRAÇÕES do Recife velho. Ilustrado por Lula Cardoso Ayres. Rio de Janeiro: Condé, 1955. -SUGESTÕES em torno de uma nova orientação para as relações intranacionais no Brasil. São Paulo: Fórum Roberto Simonsen, 1958. 

- ORDEM e progresso: processo de desintegração das sociedades patriarcal e semipatriarcal no Brasil sob o regime de trabalho livre, aspectos de um quase meio século de transição do trabalho escravo para o trabalho livre e da monarquia para a república. Rio de Janeiro: José Olympio, 1959. 2v. 

- A PROPÓSITO de frades: sugestões em torno da influência de religiosos de São Francisco e de outras ordens sobre o desenvolvimento de modernas civilizações cristãs, especialmente das hispânicas nos trópicos. Salvador: Aguiar Souza, 1959. 

- O VELHO Félix e suas "memórias de um Cavalcanti". Rio de Janeiro: José Olympio, 1959. 

- UMA POLÍTICA transnacional de cultura para o Brasil de hoje. Belo Horizonte: Revista Brasileira de Estudos Políticos, 1960. 

- SUGESTÕES de um novo contato com universidades européias. Recife: Imprensa Universitária, 1961. 

- ARTE, ciência e trópico: em torno de alguns problemas de sociologia da arte. São Paulo: Martins, 1962. 

- HOMEM, cultura e trópico. Recife: Imprensa Universitária, 1962. 

- TALVEZ poesia. Rio de Janeiro: José Olympio, 1962. 

- VIDA, forma e cor. Rio de Janeiro: José Olympio, 1962. 

- O ESCRAVO nos anúncios de jornais brasileiros do século XIX: tentativa de interpretação antropológica, através de anúncios de jornais, de característicos de personalidade e de deformações de corpo de negros ou mestiços, fugidos ou expostos à venda, como escravos, no Brasil do século passado. Recife: Imprensa Universitária, 1963. 

- DONA Sinhá e o filho padre: seminovela. Rio de Janeiro: José Olympio, 1964. 

- RETALHOS de jornais velhos. Rio de Janeiro: José Olympio, 1964. 

- VIDA social no Brasil nos meados do século XIX. Traduzido por Waldemar Valente. Recife: Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais, 1964. 

- 6 CONFERÊNCIAS em busca de um leitor. Rio de Janeiro: José Olympio, 1965. 

- O RECIFE , sim! Recife, não! Rio de Janeiro: Arquimedes, 1967. 

- BRASIS, Brasil e Brasília: sugestões em torno de problemas brasileiros de unidade e diversidade e das relações de alguns deles com problemas gerais de pluralismo étnico e cultural. Rio de Janeiro: Record, 1968. 

- COMO e porque sou e não sou sociólogo. Brasília: Universidade de Brasília, 1968. 

- OLIVEIRA Lima, Don Quixote gordo. Recife: Imprensa Universitária, 1968. 

- NÓS e a Europa germânica: em torno de alguns aspectos das relações do Brasil com a cultura germânica no decorrer do século XIX. Rio de Janeiro: Grifo, 1971. 

- NOVO mundo nos trópicos. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1971. 

- SELETA para jovens. Rio de Janeiro: José Olympio, 1971. 

- A CONDIÇÃO humana e outros temas. Rio de Janeiro: Grifo, 1972. 

- ALÉM do apenas moderno: sugestões em torno de possíveis futuros do homem, em geral, e do homem brasileiro, em particular. Rio de Janeiro: José Olympio, 1973. 

- O BRASILEIRO entre os outros hispanos: afinidades e possíveis futuros nas suas interrelações. Rio de Janeiro: José Olympio, 1975. (Coleção Documentos Brasileiros, 168). 

- A PRESENÇA do açúcar na formação brasileira. Rio de Janeiro: Instituto do Açúcar e do Alcool, 1975. (Coleção Canavieira, 16). 

- TEMPO morto e outros tempos: trechos de um diário de adolescência e primeira mocidade, 1915-1930. Rio de Janeiro: José Olympio, 1975. -CASAS-GRANDES & senzalas. Recife: Ranulpho Editora de Artes, 1977. 

- OBRA escolhida: Casa-grande & senzala, Nordeste e Novo mundo nos trópicos. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1977. 

- O OUTRO amor do Dr. Paulo: seminovela, continuação de Dona Sinhá e o filho padre. Rio de Janeiro: José Olympio, 1977. 

- ALHOS e bugalhos: ensaios sobre temas contraditórios, de Joyce a cachaça; de José Lins do Rego ao cartão postal. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1978. 

- ARTE & ferro: em torno de portões, varandas e grades do Recife velho. Recife: Ranulpho Editora de Arte, 1978 

- CARTAS do próprio punho sobre pessoas e coisas do Brasil e do estrangeiro. Organizado por Sylvio Rabello. Rio de Janeiro: Conselho Federal de Cultura, 1978. 

- CONTRIBUIÇÃO para uma sociologia da biografia: o exemplo de Luís de Albuquerque, governador de Mato Grosso, no fim do século XVII. Cuiabá: Fundação Cultural de Mato Grosso, 1978. 

- PREFÁCIOS desgarrados. Organizado por Edson Nery da Fonseca. Rio de Janeiro: Cátedra, 1978. 2 v. 

- HERÓIS e vilões no romance brasileiro: em torno das projeções de tipos sócio-antropológicos em personagens de romances nacionais do século XIX e do atual. São Paulo: Cultrix, 1979. 

- OH DE CASA! em torno da casa brasileira e de sua projeção sobre um tipo nacional de homem. Recife: Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais, 1979. 

- PESSOAS, coisas & animais. Organizado por Edson Nery da Fonseca. São Paulo: MPM Propaganda, 1979. 

- TEMPO de aprendiz: artigos publicados em jornais na adolescência e na primeira mocidade do autor, 1918 a 1926. Organizado por José Antônio Gonsalves de Mello. São Paulo: IBRASA, 1979. 2v.

- GILBERTO poeta: algumas confissões. Recife: Ranulpho Editora de Arte, 1980.

- POESIA reunida. Recife: Pirata, 1980. 

- CASA-GRANDE & senzala em quadrinhos. Desenhos de Ivan Wasth Rodrigues. Rio de Janeiro: Brasil-América, 1981. 

- DESENHOS. Recife: Prefeitura Municipal, 1981.

- RURBANIZAÇÃO: que é? Recife: Massangana, 1982. 

- APIPUCOS: que há num nome? Recife: Massangana, 1983.

- INSURGÊNCIAS e ressurgências atuais: cruzamentos de sins e nãos num mundo em transição. Rio de Janeiro: Globo, 1983.

- MÉDICOS, doentes e contextos sociais: uma abordagem sociológica. Rio de Janeiro: Globo, 1983. 

- HOMENS, engenharias e rumos sociais: em torno das relações entre homens de hoje, sobretudo os brasileiros, e as três engenharias indispensáveis a políticas de desenvolvimento e segurança, por um lado, e por outro lado, a ajustamentos a espaços e a tempos, a engenharia física, a humana e a social, considerando-se, inclusive, o desafio, a essas engenharias, das selvas do Brasil, em particular, das amazônicas. Organizado por Edson Nery da Fonseca. Rio de Janeiro: Record, 1987.

- MODOS de homem & modas de mulher. Rio de Janeiro: Record, 1987. 

- FERRO e civilização no Brasil. Recife: Fundação Gilberto Freyre, 1988. 

- BAHIA e baianos. Salvador: Fundação das Artes, 1990.

- DISCURSOS parlamentares. Brasília: Câmara dos Deputados, 1994. 

- NOVAS conferências em busca de leitores. Organizado por Edson Nery da Fonseca. Recife: Fundação de Cultura da Cidade do Recife, 1995.

PUBLICAÇÕES NO EXTERIOR:

Alemanha

HERRENHAUS und sklavenhütte: ein bild der brasilianischen gesellschaff. (Casa Grande & senzala. Traduzido por Ludwig Graf von Schönfeldt. Berlin: Kiepenheur & Witsch, 1965.

DAS LAND in der stadt: die entwicklung der urbanen gasellschaft brasiliens. (Sobrados e mocambos). Traduzido por Ludwig Graf Schönfeldt. Stuttgart: Klett-Cota, 1982.

Argentina

CASA-GRANDE y senzala: formación de la familia brasileña bajo el régimen de la economía patriarcal. Traduzido por Benjamín de Garay. Buenos Aires: s. n., 1942. 2v
 
NORDESTE: aspectos de la influencia de la caña sobre la vida y el paisaje del nordeste del Brasil. Traduzido por Cayetano Romano. Buenos Aires: Espasa Calpe, 1943. 

Espanha

MÁS ALLÁ de lo moderno. Traduzido por Maria Josefa Canellada. Madrid: Espasa-Calpe, 1977.

Estados Unidos

BRAZIL: an interpretation. New York: Alfred A. Knopf, 1945. 

THE MASTERS and the slaves: a study in the development of brazilian civilization. Traduzido por Samuel Putnam. New York: Alfred A. Knopf, 1946.

MOTHER and Son. New York: Alfred A. Knopf, 1967.

NEW world in the tropics: the culture of modern Brazil. New York: A. Knopf, 1959.

THE MANSIONS and the Shanties: the making of modern Brazil. Traduzido por Harriet de Onís. New York: Alfred. A. Knopf, 1963.

THE GILBERTO Freyre reader: varied writings by the author of the brasilian classics, The masters and the slaves, The mansions and the shanties, and Order and progress. New York: Alfred A. Knopf, 1974.

ORDER and Progress: Brazil from monarchy to republic. Berkeley: University of California Press, 1986.

França

MAÎTRES et esclaves: la formation de la societé brésilienne. Traduzido por Roger Bastide. Paris: Gallimard, [1952].

TERRES du Sucre. Traduzido por Jean Orecchioni. Paris: Gallimard, 1956. 

Hungria

UDVARÁZ SZOLGAZÁLLÁS: a Brazil család a patriarchális gazdasági rendeszerben. (Casa-Grande & senzala). Traduzido por S. Tóth Eszter. Budapest: Gondolat, 1985.

Inglaterra

THE HISTORY of Brazil: The masters and the slaves, The mansions and the shanties and Order and progress. London: Secker & Warburgh, 1971. 3v.

Itália

INTERPRETAZIONE del Brasile. Traduzido por Franco Lo Presti Seminerio. Milano: Frattelli Bocca, 1954.

PADRONI e schiavi: la formazione della famiglia brasiliana in regime di economia patriarcale. Traduzido por Alberto Pescetto. Torino: Giulio Einaudi, 1965.

NORDESTE: l´uomo e gli elementi. Traduzido por Alberto Pescetto. Milano: Rizzoli, 1970.

CASE e catepecchie: la decadenza del patriarcato rurale brasiliano e lo sviluppo della famiglia urbana. Traduzido por Alberto Pescetto. Torino: Giulio Einaudi, 1972. 2v.

SOCIOLOGIA della medicina: breve introduzione allo studio dei suoi principi, metodi e com altre sociologie e altre scienze. Milano: Rizzoli, 1975. 

Japão

A TSUITAI no sin Sekai. Tokyo: Shinsekaisha, 1961.

México

INTERPRETACIÓN del Brasil. Traduzido por Teodoro Ortiz e Demetrio Aguilera-Malta. México: Fondo de Cultura Económica, 1987.

Polônia

PANOWE i niemolnick Gilberto Freyre. (Casa-Grande & senzala). Traduzido por Helena Czajka. Warszawa: Panstwowy Instytut Wydawniczy, 1985.

Portugal

AVENTURA e rotina: sugestões de uma viagem à procura das constantes portuguesas de carácter e acção. Lisboa: Livros do Brasil, s.d.

UM BRASILEIRO em terras portuguesas: introdução a uma possível lusotropicologia acompanhada de conferências e discursos proferidos em Portugal e em terras lusitanas e ex-lusitanas da Ásia, da África e do Atlântico. Lisboa: Livros do Brasil, s.d.

DONA Sinhá e o Filho Padre: seminovela. Lisboa: Livros do Brasil, s.d.

O MUNDO que o português criou: aspectos das relações sociais e de cultura do Brasil com Portugal e as colônias portuguesas. Lisboa: Livros do Brasil, s.d.

ORDEM e progresso: processo de desintegração das sociedades patriarcal e semipatriarcal no Brasil sob o regime de trabalho livre, aspectos de um quase meio século de transição do trabalho escravo para o trabalho livre e da monarquia para a república. Lisboa: Livros do Brasil, s.d. 2v.

SOBRADOS e mocambos: decadência do patriarcado rural e desenvolvimento do urbano. Lisboa: Livros do Brasil, s.d. 2 v.

INTERPRETAÇÃO do Brasil: aspectos da formação social brasileira como processo de amalgamento de raças e culturas. Tradução de Olívio Montenegro. Lisboa: Livros do Brasil, 1951. 

CASA-GRANDE & senzala: formação da família brasileira sob o regime de economia patriarcal. Lisboa: Livros do Brasil, [1957].

INTEGRAÇÃO portuguesa nos trópicos. Portuguese integration in the tropics. Lisboa: Junta de Investigações do Ultramar, 1958.

BRASIS, Brasil e Brasília: sugestões em torno de problemas brasileiros de unidade e diversidade e das relações de alguns deles com problemas gerais de pluralismo étnico e cultural. Lisboa: Livros do Brasil, 1960. 

O LUSO e o trópico: sugestões em torno dos métodos portugueses de integração de povos autóctones e de culturas diferentes da européia num complexo novo de civilização, o luso tropical. Lisboa: Comissão Executiva das Comemorações do V Centenário da Morte do Infante D.Henrique, 1961. 

LE PORTUGAIS et les tropiques: considérations sur les méthodes portugaises d´intègration de peuples autochtones et de cultures diffèrentes de la culture européenne dans un nouveau complexe de civilisation, la civilization luso-tropicale. Lisbone: Commision Exécutive des Commemorations du V Centenaire de la Mort du Prince Henri, 1961. 

THE PORTUGUESE ans the tropics: sugestions inspired by portugueses methods of integrating autocthones peoples and cultures differing from the europen in a new, or luso-tropical complex of civilisation. Lisbon: Executive Committee for the Commemoration of the Vth Centenary of the Prince Henry the Navigator, 1961. 2v. 

HOMEM, cultura e tempo. Lisboa: União das Comunidades de Cultura Portuguesa, 1967. 

SOCIOLOGIA da medicina: breve introdução ao estudo dos princípios, dos seus métodos e das suas relações com outras sociologias e com outras ciências. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1967.

CONTRIBUIÇÃO para uma sociologia da biografia: o exemplo de Luís de Albuquerque, governador de Mato Grosso, no fim do século XVII. Lisboa: Academia Internacional de Cultura Portuguesa,1968.2v. 

SELECTA para jovens. Lisboa: Livros do Brasil, [1981?]. 277p. Coleção Livros do Brasil. 

Venezuela

CASA-GRANDE y senzala: formación de la familia brasileña bajo el régimen de la economía patriarcal. Traduzido por Benjamín de Garay e Lucrecia Manduca. Caracas: Biblioteca Ayacucho, 1977. 567p. Biblioteca Ayacucho, 11.


Os dados acima foram coletados em livros de e sobre o autor, sites da Internet, em especial o da Fundação Gilberto Freyre.

VOLTAR

IR PARA O MENU DO AUTOR

 

[ Principal ][ Releituras ][ Biografias ][ Novos Escritores ]

© Projeto Releituras — Todos os direitos reservados. O Projeto Releituras — um sítio sem fins lucrativos — tem como
objetivo divulgar trabalhos de escritores nacionais e estrangeiros, buscando, sempre que possível, seu lado humorístico,
satírico ou irônico. Aguardamos dos amigos leitores críticas, comentários e sugestões.
A todos, muito obrigado. Arnaldo Nogueira Júnior.
® @njo

f2.gif (44 bytes)