[ Principal ][ Biografias ][ Releituras ][ Novos escritores ][ Ilustrados ]

© Projeto Releituras
Arnaldo Nogueira Jr







Profundamente
Por Manuel Bandeira



Quando ontem adormeci
Na noite de São João
Havia alegria e rumor
Estrondos de bombas luzes de Bengala
Vozes, cantigas e risos
Ao pé das fogueiras acesas.

No meio da noite despertei
Não ouvi mais vozes nem risos
Apenas balões
Passavam, errantes

Silenciosamente
Apenas de vez em quando
O ruído de um bonde
Cortava o silêncio
Como um túnel.
Onde estavam os que há pouco
Dançavam
Cantavam
E riam
Ao pé das fogueiras acesas?

— Estavam todos dormindo
Estavam todos deitados
Dormindo
Profundamente.

*

Quando eu tinha seis anos
Não pude ver o fim da festa de São João
Porque adormeci

Hoje não ouço mais as vozes daquele tempo
Minha avó
Meu avô
Totônio Rodrigues
Tomásia
Rosa
Onde estão todos eles?
— Estão todos dormindo
Estão todos deitados
Dormindo
Profundamente.


Texto extraído do livro "
Antologia Poética - Manuel Bandeira", Editora Nova Fronteira – Rio de Janeiro, 2001, pág. 81.

Visite a página de textos ilustrados.

Manuel Bandeira: sua vida e obra estão em BIOGRAFIAS.

 

Ilustração: Majane Silveira

Majane Silveira é ilustradora editorial e publicitária. Graduada em Publicidade e Propaganda pela PUCRS em 2002, começou a carreira desenvolvendo projetos de comunicação visual. No entanto, a presença marcante do desenho em seu trabalho gráfico sempre ganhou especial atenção e, atualmente, dedica-se exclusivamente à ilustração.

Além de seu trabalho comercial, Majane explora a fusão entre arte e comunicação em criações experimentais e está concluindo sua especialização em Expressão Gráfica pela FAU/PUCRS.

E-MAIL: majane@majanesilveira.com

SITE:
http://www.majanesilveira.com

 

[ Principal ][ Biografias ][ Releituras ][ Novos escritores ][ Ilustrados ]

© 1996—2007 PROJETO RELEITURAS — Todos os direitos reservados.
O PROJETO RELEITURAS — UM SÍTIO SEM FINS LUCRATIVOS — tem como objetivo divulgar trabalhos de escritores
nacionais e estrangeiros. Aguardamos dos amigos leitores críticas, comentários e sugestões.
A todos, muito obrigado. Arnaldo Nogueira Júnior.
® @njo