[ Principal ][ Releituras ][ Biografias ][ Novos escritores ]

© Projeto Releituras
Arnaldo Nogueira Jr



Marcelino Freire

 

MARCELINO FREIRE

http://www.eraodito.blogspot.com

20.7.2004

LEITURAS E RELEITURAS

Não é de agora que quero falar sobre o site Releituras e saravá. Nem lembro se já toquei no assunto: das vezes que a gente tromba pelo mundo com um cara, assim, vexado por literatura. Confesso, aqui, o meu lado meio Tereza de Calcutá. Oh! Calcutá! Gosto dessas intervenções quixotescas. A minha Coleção 5 Minutinhos vá lá que seja um exemplo desse tipo. Ir aos salões de beleza, aos velórios acesos, à boca do lixo levar um livro. Cutucar a paisagem com a vara curta! Em resumo: o site Releituras reúne mais de 1000 textos de quase 400 autores. Aglutina uns 70 novos escritores. Captura biografias de consagrados e de amadores. Eta porra! Tudo por causa da vontade de um cara chamado Arnaldo Nogueira Jr., carioca, de 60 anos, aposentado, cuja diversão é atirar palavreados para tudo que é lado. Enfim, assado. Se você não conhece a página, clique aqui em cima e está dado o recado.

Marcelino Freire nasceu em 20 de março de 1967 na cidade de Sertânia, Sertão de Pernambuco. Vive em São Paulo desde 1991. É autor de EraOdito (Aforismos, 2ª edição, 2002) e Angu de Sangue (Contos, 2000), ambos publicados pela Ateliê Editorial. Em 2002, idealizou e editou a Coleção 5 Minutinhos, inaugurando com ela o selo eraOdito editOra. É um dos editores da PS:SP, revista de prosa lançada em maio de 2003, e um dos contistas em destaque nas antologias Geração 90 (2001) e Os Transgressores (2003), publicadas pela Boitempo Editorial.

 

[ Principal ][ Releituras ][ Biografias ][ Novos escritores ]

© Projeto Releituras — Todos os direitos reservados. O Projeto Releituras — um sítio sem fins lucrativos — tem como
objetivo divulgar trabalhos de escritores nacionais e estrangeiros, buscando, sempre que possível, seu lado humorístico,
satírico ou irônico. Aguardamos dos amigos leitores críticas, comentários e sugestões.
A todos, muito obrigado. Arnaldo Nogueira Júnior.
®@njo