a

[ Principal ][ Biografias ][ Releituras ][ Novos escritores ]

© Projeto Releituras
Arnaldo Nogueira Jr


Delirose Lima (1981) é engenheira, nascida em Pernambuco. Em parceria com a escritora Vandia Alves, lançou em agosto de 2008 o romance "Coincidências?!". Tem poesia publicada no Linkteratura do JC e faz parte dos colaboradores do "meu jc". É apreciadora da obra de Ariano Suassuna, Martha Medeiros, Poeta Antônio Marinho, entre outros.


Madame Morgana

Delirose Lima



Lia-se no cartaz: "Madame Morgana traz o seu amor de volta em três dias, por apenas R$ 10,00".

Toninho se animou. Rosinha fora embora fazia um mês, a falta da amada lhe partia o coração. Lembrava com nitidez o rosto daquela pela qual seu coração batia forte, cabelos compridos, cacheados, os olhos de amêndoa, o rosto delicado, o amor era tanto que de tão grande não lhe permitia enxergar um único defeito. Mas quando lembrava do dia em que ela o deixara, seu coração quase parava de tanta dor, a tristeza fazia sua alma sucumbir, nunca se imaginara sem aquela doce presença, ele que era tão feliz, se viu a pessoa mais triste do mundo.

Mas ali estava a oportunidade de sua vida, Madame Morgana traria a sua amada de volta, não sabia o que ela faria, quais seriam seus métodos, mas sabia que traria seu amor de volta em três dias e por apenas R$ 10,00.

Entrou na sala se achando estranho, as cortinas vermelhas e a pouca luz do local faziam sua vista doer. Entrou tateando os móveis, pelo canto, tinha apenas uma mulher sentada num espaço que parecia uma recepção.

— Preciso falar com Madame Morgana!

— Sim, senhor, aguarde um momento!

Ele se sentou no sofá, aguardando a sua vez. Enquanto esperava, pensou na tão sonhada felicidade que viria. Rosinha, tão bela, ali, bem pertinho, frente à frente, como se nada tivesse ocorrido, como se nunca houvessem se separado, os dois, lado a lado, revivendo um amor que ele jamais deixara de sentir, o cheiro da pele dela invadindo novamente a sala, sua alegria se expandindo, suas mãos se tocando, seus lábios se encontrando...

— Senhor, sua vez, Madame Morgana o chama! — A mulher o chamou, abrindo a cortina que separava os dois ambientes.

Ele entrou um pouco desconfiado, viu uma mulher um pouco velha, morena, com um lenço vermelho na cabeça, seus olhos lhe encaravam, o que o fez ficar um pouco amedrontado, mas ele não se deteve, entrou e sentou-se de frente para a mulher. Então, o senhor quer seu amor de volta?!

— Sim, senhora, quero muito!!

— Você é muito apaixonado por ela, não é verdade?

— Sim, sim, senhora, Madame Morgana!

— Mas, ela o deixou, não foi?

— Foi, foi sim!

— Então, vamos trazê-la de volta!

— Sim, sim!

— Eu vou precisar de um fio de cabelo seu e outro dela para executar esse trabalho.

— Hã?! Pra quê?

— Para trazê-la de volta.

— E como é que um fio de cabelo meu e um dela pode fazer isso?

— Eu vou juntar os dois e fazer os meus arranjados e ela vai se apaixonar por você!

— Mas ela já é apaixonada por mim.

— Mas então o senhor veio fazer aqui o quê?

— Vim por causa do cartaz.

— Mas é para ela voltar pra você.

— Mas é isso mesmo que eu quero!

— Como? Se você me diz que ela já o ama?

— Mas é que ela tá muito longe, a muitos quilômetros de distância daqui. Vindo de ônibus dá sete dias de viagem e ainda paga R$ 200,00, se a senhora consegue me trazer ela de volta em três dias por R$ 10,00 é muito melhor, né não?


E-mail:
delirose_eu@hotmail.com

Blog: http://escrivaninha.arteblog.com.br

 

[ Principal ][ Biografias ][ Releituras ][ Novos escritores ]

©PROJETO RELEITURAS — Todos os direitos reservados.
O PROJETO RELEITURAS — UM SÍTIO SEM FINS LUCRATIVOS — tem como objetivo divulgar trabalhos
de escritores nacionais e estrangeiros. Aguardamos dos amigos leitores críticas, comentários e sugestões.
A todos, muito obrigado. Arnaldo Nogueira Júnior. ®@njo

a